Saúde Ilha do Canal da Mancha procura enfermeiros portugueses

Ilha do Canal da Mancha procura enfermeiros portugueses

O serviço de saúde público britânico quer contratar mais enfermeiros portugueses para o seu hospital de Guernsey, uma ilha do Canal da Mancha, através de uma ação de recrutamento, que terá lugar em Londres, em novembro.
Ilha do Canal da Mancha procura enfermeiros portugueses
Rui Neves 15 de outubro de 2019 às 11:30

A Vitae Professionals, uma das agências dedicadas ao recrutamento de enfermeiros para o estrangeiro, acaba de anunciar que o hospital de Guernsey, uma das ilhas do Canal da Mancha, onde trabalham muitos enfermeiros portugueses, anda à procura de mais profissionais lusos.

 

A ação de recrutamento para a unidade de Guernsey, que pertence ao NHS (serviço nacional de saúde Inglês), será realizada em Londres, em novembro, com a Vitae Professionals a liderar o processo de seleção dos candidatos.  

 

"Este hospital do NHS oferece salários anuais entre os 30.160 euros e os 51.599 euros, bónus, acomodação gratuita, entre muitas outras vantagens", garante Vitae Professionals, adiantando que as vagas disponíveis dividem-se entre os serviços de cuidados intensivos, bloco operatório, departamento de emergência, enfermarias médicas, enfermarias de reabilitação, saúde mental, entre outros.

 

Uma ação de recrutamento que é dirigida apenas a enfermeiros "já registados no NMC (ordem britânica dos Enfermeiros), com bom nível de Inglês e boas referências", frisa a mesma agência.

 

Localizada a norte da região francesa da Normandia, Guernsey "é um território com um ambiente acolhedor e seguro, com ótimas escolas para quem tem filhos e taxas muito baixas, o que permite uma excelente qualidade de vida", enfatiza a Viate Profissionals.

 

Nos primeiros seis meses deste ano, 2.321 enfermeiros pediram à Ordem dos Enfermeiros uma declaração para efeitos de emigração, quase tantos como em todo o ano passado.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI