Zona Euro Economia italiana deverá voltar a contrair no segundo trimestre

Economia italiana deverá voltar a contrair no segundo trimestre

Aproxima-se o fim do segundo trimestre e os alertas sobre Roma começam a chegar. O instituto de estatísticas de Itália diz que a economia deverá voltar a contrair neste trimestre.
Economia italiana deverá voltar a contrair no segundo trimestre
Reuters
Negócios 20 de junho de 2019 às 10:36

O produto interno bruto (PIB) de Itália deverá contrair no segundo trimestre do ano, novamente. A previsão é do instituto de estatística do país, de acordo com a Bloomberg.

 

A economia italiana deverá assim registar a terceira contração trimestral em menos de um ano, o que aumenta os receios em torno da terceira maior economia europeia, numa altura em que a tensão entre o Executivo italiano e Bruxelas se mantém, com Roma a querer aplicar medidas que furam as regras europeias e em risco de ser alvo de um processo disciplinar por causa da dívida.

 

O PIB italiano cresceu no primeiro trimestre do ano, depois de dois trimestres consecutivos de contração, o que significa que, ainda que por um breve período, a economia italiana entrou em recessão.

 

O instituto de estatísticas de Itália, o Istat, diz agora que há uma probabilidade "relativamente alta" de uma quebra do PIB neste trimestre. Os economistas consultados pela Bloomberg previam um crescimento médio de 0,1%.

 

Para o acumulado do ano, o Istat mantém a previsão de um crescimento económico de 0,3%, com Roma a registar uma recuperação modesta no último semestre do ano.

 

A Comissão Europeia concluiu, no início de junho, que Itália não está a cumprir com a redução da dívida pública imposta pelas regras europeias acordadas entre os Estados-membros, abrindo a porta a um processo disciplinar contra o país. Algo que foi apoiado pelos ministros das Finanças europeus na semana passada.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI