Impostos Moreira da Silva: "Os cidadãos sabem que só existirá descida do IRS por causa da fiscalidade verde"

Moreira da Silva: "Os cidadãos sabem que só existirá descida do IRS por causa da fiscalidade verde"

O ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva, garantiu esta terça-feira no parlamento que "os cidadãos em casa sabem que só existirá descida do IRS no próximo ano por causa da fiscalidade verde".
Moreira da Silva: "Os cidadãos sabem que só existirá descida do IRS por causa da fiscalidade verde"
Bruno Simão/Negócios
Miguel Prado 04 de novembro de 2014 às 11:20

O ministro desafiou, por isso, o Partido Socialista a explicar se está contra a proposta do Governo de canalizar toda a receita da fiscalidade verde para o alívio do IRS em 2015. A intervenção motivou protestos da bancada dos partidos da oposição na Assembleia da República.

 

"A comissão para a reforma da fiscalidade verde entendia que uma parte da receita devia ir para a TSU, outra para créditos fiscais às empresas e 50% para o IRS. Mas o Governo entendeu que depois da descida do IRC era mais importante colocar toda a receita em benefício de uma descida do IRS", explicou o governante.

 

A reforma da fiscalidade verde prevê a captação de receitas adicionais em 2015 da ordem dos 165,5 milhões de euros, bem como despesa fiscal de 17,5 milhões de euros. Os 148 milhões de euros de receita líquida deverão ser afectos a benefícios em sede de IRS, segundo o Orçamento do Estado para 2015.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI