Política Conservadores do Lei e Justiça vencem eleições na Polónia

Conservadores do Lei e Justiça vencem eleições na Polónia

O partido liderado por Jaroslaw Kaczynski, no poder desde 2015, venceu as eleições legislativas com mais de 43% dos votos.
Conservadores do Lei e Justiça vencem eleições na Polónia
EPA
Negócios 13 de outubro de 2019 às 23:21

O partido da direita conservadora Lei e Justiça, que está no poder na Polónia desde 2015, venceu as eleições legislativas deste domingo, por uma margem ainda mais confortável do que na votação anterior.

De acordo com as primeiras projeções eleitorais, os conservadores obtiveram 43,6% dos votos, a que correspondem 239 dos 460 assentos parlamentares.

Assim, o resultado deverá permitir ao partido governar sozinho, sem necessidade de alianças. Esta votação compara com os 37% alcançados há quatro anos, quando chegaram pela primeira vez ao governo.

Em segundo lugar, surge o pró-europeu Plataforma Cívica, de centro-direita, com 27,4% dos votos.

Seguindo o modelo iliberal adotado pelo primeiro-ministro húngaro Viktor Orban, o líder do Lei e Justiça, Jaroslaw Kaczynski, já havia prometido usar um segundo mandato para exercer um domínio ainda maior sobre o poder judicial e "re-polonizar" as principais indústrias e os meios de comunicação do país, que ainda permanecem amplamente independentes.

O partido liderado por Jaroslaw Kaczynski chegou ao poder com uma vitória histórica nas eleições de 2015 afastando do poder o partido que governava a Polónia desde 2007.

O Lei e Justiça, com uma mensagem anti-austeridade, tem combinado políticas como o aumento do abono de família e novos impostos sobre a banca e o retalho com mensagens contra as minorias, como os migrantes e a comunidade LGBT.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI