Vinho Sogrape assume controlo da distribuição de vinhos no Reino Unido

Sogrape assume controlo da distribuição de vinhos no Reino Unido

A dona do Mateus Rosé e do Barca Velha passa a ter uma posição maioritária na Liberty Wines, onde entrara em 2017 com uma participação de 25%, reclamando que este é "um ato de coragem" face à indefinição do Brexit.
Sogrape assume controlo da distribuição de vinhos no Reino Unido
Paulo Duarte
António Larguesa 28 de junho de 2019 às 15:54

A Sogrape anunciou esta sexta-feira, 28 de junho, que passa a deter uma posição maioritária na estrutura acionista da Liberty Wines, a distribuidora de vinhos do Reino Unido em que tinha tomado uma participação de 25% há dois anos.

 

Através de um comunicado de imprensa, o grupo liderado por Fernando Cunha Guedes assume que "este passo simboliza mais um ato de coragem", uma vez que "em época de incerteza provocada pelo Brexit investe no mercado com uma visão de longo prazo para reforçar a sua posição competitiva".

 

Especializada na restauração de topo, a distribuidora fundada em 1997 por David Gleave – mantém-se como diretor-geral e cede também uma posição minoritária à francesa Piper-Heidsieck (champanhes) – tem um volume de negócios de 85 milhões de euros, 170 trabalhadores e mais de 2.000 clientes onde coloca vinhos de várias origens e produtores.

 

Com a entrada inicial no capital, fechada na semana em que o Reino Unido iniciou formalmente a saída da União Europeia, houve a passagem em exclusivo de todos os vinhos da Sogrape – incluindo os que produz em Espanha, Argentina, Chile e Nova Zelândia – para a alçada da Liberty Wines, que também absorveu a estrutura própria (Sogrape UK) que tinha criado seis anos antes naquele que é o segundo maior importador de vinhos a nível mundial.

 

Vendas sobem após entrada no capital

 

Desde essa mudança em abril de 2017, contabiliza a maior empresa portuguesa do setor, o portefólio cresceu 30% no Reino Unido, com as vendas de marcas como Casa Ferreirinha, Herdade do Peso, Quinta dos Carvalhais e Azevedo a duplicarem naquele destino, "sobretudo resultado da forte experiência da distribuidora na categoria ‘premium on-trade’".

 

"O reforço desta aliança com a Liberty Wines irá permitir à Sogrape beneficiar das fortes competências da distribuidora inglesa para conquistar maior visibilidade e representação para os nossos vinhos naquele que é atualmente um mercado-chave para o grupo e que, com este passo, assume nova relevância", destacou o presidente executivo, Fernando da Cunha Guedes.

 

O reforço desta aliança irá permitir à Sogrape beneficiar das fortes competências da distribuidora inglesa para conquistar maior visibilidade e representação para os nossos vinhos. Fernando Cunha Guedes, presidente executivo da Sogrape

 

Com produção de vinho nas regiões portuguesas do Douro, Verdes, Dão, Bairrada, Alentejo, Madeira e, desde janeiro deste ano, também em Lisboa – entrou na antiga zona da Estremadura com a aquisição da Quinta da Romeira –, a Sogrape tem também operações produtivas espalhadas por Espanha (LAN e Bodegas Aura), Argentina (Finca Flichman), Chile (Viña Los Boldos) e Nova Zelândia (Framingham), além de várias empresas de distribuição em mercados-chave para o desenvolvimento do negócio.

 

Detentora de marcas como Mateus Rosé, Ferreira, Sandeman ou Barca Velha, esta multinacional com sede em Vila Nova de Gaia fatura acima de 215 milhões de euros e regista vendas em mais de 120 países. Emprega cerca de mil trabalhadores e tem mais de 1.500 hectares de vinha plantada – mais de metade localizada em Portugal –, comercializando uma média de 135 garrafas de vinho por minuto.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI