Automóvel Alemanha aumenta incentivo para a compra de carros elétricos para 6 mil euros

Alemanha aumenta incentivo para a compra de carros elétricos para 6 mil euros

O Governo alemão e a indústria automóvel chegaram a um acordo para aumentar os incentivos financeiros para a compra de carros elétricos. O chamado “bónus ambiental” pode chegar aos 6.000 euros.
Alemanha aumenta incentivo para a compra de carros elétricos para 6 mil euros
Sara Antunes 05 de novembro de 2019 às 11:05

A Alemanha está a tentar acelerar a transição para carros elétricos, mais amigos do ambiente. E, para tal, vai aumentar os incentivos financeiros para que seja mais atrativo para os consumidores a compra deste tipo de veículos.

 

O Governo liderado por Angela Merkel e os representantes da indústria automóvel chegaram a um acordo para aumentar o incentivo financeiro para a compra de carros elétricos.

 

O chamado "bónus ambiental" vai aumentar em 50% para um valor até 6.000 euros. Este incentivo é financiado pelo Estado e pela indústria automóvel, cada um responsável por 50% do valor.

 

O aumento do incentivo financeiro vai entrar em vigor já este mês e deverá manter-se até 2025, segundo Bernhard Mattes, presidente do lobby automóvel VDA, citado pela Bloomberg.

 

"Vai ser possível dar apoio para mais 650.000 a 700.000 veículos elétricos", revelou Steffen Seibert, porta-voz do Governo de Merkel.

 

A Bloomberg realça que o acordo foi alcançado na segunda-feira, 4 de novembro, ao final do dia e que contou com a presença de Merkel, responsáveis pela indústria automóvel, fornecedores de peças e sindicato, incluindo os presidentes executivos da Volkswagen, da BMW e da Dailmer.

 

Estes incentivos estatais surgem numa altura em que os veículos elétricos continuam a ter um custo superior, o que acaba por levar com que as famílias e empresas optem por versões mais baratas, mas também mais poluentes. A Bloomberg realça que o Volkswagen ID.3 custa cerca de 30.000 euros, enquanto uma das versões do novo Golf, com um motor tradicional, pode ser comprado por menos de 20 mil euros.

 

Steffen Seibert revelou ainda que o Governo está a aumentar também o número de estações de carregamento para 50 mil, no espaço de dois anos, com a indústria automóvel a ajudar a financiar 15 mil destes postos de abastecimento até 2022.

 

Em Portugal, também há um incentivo financeiro para a compra de carros elétricos. O Fundo Ambiental concede um incentivo à compra de veículos elétricos de 3 mil euros para particulares e de 2.250 euros no caso de empresas. Mas foram estipulados limites: só 1.000 veículos podiam receber este subsídio e o preço máximo era de 62.500 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI