Automóvel Concessionários de automóveis faturaram 5.900 milhões em 2018

Concessionários de automóveis faturaram 5.900 milhões em 2018

O setor de concessionários de automóveis atingu um volume de negócios estimado de 5.900 milhões de euros no ano passado, uma subida de cerca de 2,6%, ou 150 milhões de euros, face a 2017.
Concessionários de automóveis faturaram 5.900 milhões em 2018
Pedro Curvelo 19 de fevereiro de 2019 às 14:20

O setor de concessionários de automóveis registou um volume de negócios estimado de 5.900 milhões de euros no ano passado, o que representa uma subida de 2,6% face a 2017, ano em que a faturação foi de 5.750 milhões, de acordo com um estudo elaborado pela consultora Informa D&B divulgado esta terça-feira.

A estimativa de facturação do setor de concessionários de automóveis inclui a venda de automóveis novos, a venda de automóveis de ocasião e venda de recâmbios, serviços de mecânica e outras actividades.

A consultora assinala que o setor manteve a "tendência de crescimento observada desde 2013, embora o ritmo se tenha atenuado".

O estudo destaca ainda que em 2017 o crescimento no volume de negócios tinha-se cifrado em 6,5% e que no triénio 2014-2016 foram registados acréscimos anuais de dois dígitos.

O setor é composto por 5.434 empresas, das quais cerca de 40% situam-se no Norte do país, sendo as outras regiões com maior número de empresas a zona de Lisboa e o Centro. Entre 2008 e 2014, anos de crise económica e do setor, o número de empresas passou de quase 6.100 para 4.551, recorda o estudo.

O estudo refere que o número de trabalhadores aumentou 6,5% no ano passado, para um total de 29.982 pessoas, sendo o quadro de pessoal médio por empresa de cinco pessoas. Os operadores de menor dimensão localizam-se na zona Centro, no Alentejo e no Algarve.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI