Automóvel Tesla reduz autonomia dos modelos mais antigos

Tesla reduz autonomia dos modelos mais antigos

Uma das mais recentes atualizações de software "retirou" aos automóveis entre 20 e 50 quilómetros de autonomia.
Tesla reduz autonomia dos modelos mais antigos
EPA / Reuters
Negócios 24 de junho de 2019 às 13:38

A Tesla reduziu a autonomia dos primeiros modelos do Model S e do Model X numa das mais recentes atualizações de software que, de acordo com a empresa, teve como objetivo proteger a bateria e aumentar a sua longevidade.

A informação foi avançada pelo site Electrek que, depois de ter tido contacto com vários utilizadores dando conta de uma redução significativa nos níveis de autonomia dos veículos, confirmou junto da fabricante que a alteração nos modelos mais antigos foi provocada por uma atualização recente no software.

Ao site Electrek, a empresa liderada por Elon Musk explicou que o objetivo da atualização foi "proteger a bateria e aumentar a sua longevidade" e que esta resultou numa perda de autonomia "apenas para uma pequena percentagem de proprietários".

A fabricante acrescentou ainda que está a trabalhar no sentido de minimizar o impacto desta atualização que, de acordo com relatos dos clientes, retirou aos automóveis entre 20 a 50 quilómetros de autonomia.

O espanhol Cinco Días concretiza que esta atualização afeta os modelos mencionados com baterias de 85 kWh de capacidade, e que os clientes não foram avisados da alteração, tendo muitos deles pensado tratar-se de uma avaria no veículo.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI