Comércio Nestlé vende Häagen-Dazs por 4 mil milhões de dólares

Nestlé vende Häagen-Dazs por 4 mil milhões de dólares

A Nestlé quer concentrar-se nos negócios nos quais está a conseguir um maior crescimento, como é o caso da alimentação para animais. Os gelados, "devolve-os" à PAI.
Nestlé vende Häagen-Dazs por 4 mil milhões de dólares
Negócios com Bloomberg 12 de dezembro de 2019 às 10:22

A Nestlé está a vender a unidade na qual concentra marcas de gelados como a Häagen-Dazs e Drumstick, num negócio de 4 mil milhões de dólares.

A Froneri, a empresa da Nestlé dedicada aos gelados, deverá servir para consolidar uma joint-venture com a PAI Partners, empresa que fez parte da sua origem. A Froneri foi criada em 2016 numa fusão entre as unidades de gelados da Nestlé e a R&R, uma concorrente detida pela PAI. 

O objetivo, de acordo com a Bloomberg, é expandir e criar um concorrente mais desafiante para a Unilever, o líder global no negócio de gelados, detendo as marcas Ben&Jerry’s e Magnum. Esta venda abrange apenas a Häagen-Dazs nos EUA pois nos restantes países a marca é detida pela General Mills. A competição nos Estados Unidos tem crescido, com marcas como a Halo Top a afirmarem-se através da oferta de opções mais saudáveis.

A concretizar-se, a joint-venture resultará numa quota de mercado de 10% a nível global para a Froneri, que compara aos atuais 18% da Unilever, segundo os dados do Euromonitor citados pela Bloomberg.

Este negócio surge numa altura em que o CEO da Nestlé, Mark Schneider, está a desinvestir em áreas de crescimento mais brando e a reforçar a aposta na comercialização de ração para animais, água e café.

A Nestlé segue com uma valorização de 0,47% para os 103,56 euros em bolsa, contando a segunda sessão consecutiva no verde.

(Notícia atualizada dia 13 de dezembro com o esclarecimento de que esta venda abrange apenas a Häagen-Dazs nos EUA)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI