Construção Volume de negócios da Mota-Engil cresce para 1,34 mil milhões no semestre

Volume de negócios da Mota-Engil cresce para 1,34 mil milhões no semestre

Na primeira metade deste ano, a Mota-Engil registou um aumento de 7,5% do volume de negócios e de cerca de 10% no EBITDA. A dívida líquida situou-se nos 1,07 mil milhões de euros.
Volume de negócios da Mota-Engil cresce para 1,34 mil milhões no semestre
Maria João Babo 08 de agosto de 2019 às 17:16

A Mota-engil anunciou esta quinta-feira que no primeiro semestre deste ano o seu volume de negócios atingiu 1,34 mil milhões de euros, valor que representa um acréscimo de 7,5% face ao período homólogo.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a construtora avançou um conjunto de indicadores económico-financeiros preliminares relativos à primeira metade de 2019, antes de a 29 de agosto ter agendada a apresentação dos resultados do semestre.

Segundo o grupo liderado por Gonçalo Moura Martins (na foto), até junho o EBITDA aumentou cerca de 10%, face ao período homólogo, para 194 milhões de euros, com a margem a crescer para 14,4%.

A carteira de encomendas ficou acima dos 5,2 mil milhões de euros, dos quais 75% fora da Europa.


Por seu lado, a dívida líquida situou-se nos 1,07 mil milhões de euros, "apesar do elevado investimento e do fundo de maneio tradicionalmente desfavorável no primeiro semestre", salienta a Mota-Engil. O investimento líquido do grupo somou cerca de 105 milhões de euros no período em análise.

Esta quinta-feira de manhã, o grupo anunciou a entrada em dois novos mercados: Panamá e Nova Caledónia.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI