Desporto Director do futebol do Sporting detido. PJ confirma quatro detenções

Director do futebol do Sporting detido. PJ confirma quatro detenções

As buscas que decorrem esta manhã na SAD do Sporting já deram origem a quatro detenções, avança o Correio da Manhã.
Director do futebol do Sporting detido. PJ confirma quatro detenções
Luís Manuel Neves/Cofina
Negócios 16 de maio de 2018 às 11:40

Segundo a mesma publicação, os detidos são André Geraldes (director do futebol do Sporting), Gonçalo Rodrigues (funcionário do Sporting que suspendeu funções esta terça-feira), Paulo Silva (o denunciante deste esquema) e João Gonçalves (o intermediário).


As buscas estão a ser feitas pela Polícia Judiciária do Porto e a operação em causa chama-se Cash-ball.

Em comunicado, a PJ confirma que "
deteve quatro pessoas pela presumível prática dos crimes de corrupção activa no desporto", no âmbito de "inquérito dirigido pelo Ministério Público – DIAP do Porto".

 

A PJ refere que "a operação, que envolveu quarenta elementos da Polícia Judiciária, incluiu cerca de uma dezena de buscas domiciliárias e em clube desportivo" e que os "detidos serão presentes às competentes autoridades judiciárias para interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas".

 

De acordo com o Correio da manhã, o inquérito já estaria no DIAP do Porto desde Fevereiro passado, altura em que Paulo Silva denunciou todo o esquema.

Trata-se de uma operação policial que está a ser executada no âmbito da investigação à corrupção desportiva no Sporting, depois da investigação do Correio da Manhã sobre a compra de árbitros no andebol. Também na residência do delator, Paulo Silva, estão a decorrer buscas.

(notícia actualizada com comunicado da PJ)



Saber mais e Alertas
pub