Empresas Morreu Ferreira de Oliveira, antigo presidente da Galp

Morreu Ferreira de Oliveira, antigo presidente da Galp

Manuel Ferreira de Oliveira, o antigo presidente da Galp e da Unicer (atual Super Bock Group), morreu este sábado, 5 de outubro, aos 70 anos, desconhecendo-se, para já, a causa da morte.
Morreu Ferreira de Oliveira, antigo presidente da Galp
Rui Neves 05 de outubro de 2019 às 18:21

Nascido em Oliveira de Azeméis, doutorou-se em Sistemas de Energia pela Universidade de Manchester e aliou uma vasta experiência académica a alto cargos de gestão a nível internacional e à liderança de empresas de topo em Portugal, como a Galp e a Unicer (atual Super Bock Group).

Gostava de caminhar. Chopin era o seu pianista preferido.

Manuel Ferreira de Oliveira morreu este sábado, 5 de outubro, aos 70 anos.

 

Licenciado em engenharia Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), em 1971,teve responsabilidades operacionais, diretivas e executivas na Lagoven,  na Venezuela e em Londres, de 1980 a 1988, tendo passado pelos Estados Unidos (Exxon Oil & Gas Facilities School Boyce Engineering International e Harvard University), onde investiu na especialização da sua formação, tendo em 1988 assumido o cargo de CEO na BP Bitor, em Londres.

De volta a Portugal, entre 1995 a 2000 foi presidente do grupo Petrogal e, tendo saído para ir ocupar as mesmas funções na então Unicer, onde esteve meia dúzia de anos.

 

Regressaria à Galp em 2006, pela mão do também já falecido Américo Amorim, inicialmente como administrador executivo, passando a CEO no ano seguinte. Manteve-se à frente da petrolífera até 2015, quando saiu da empresa para fundar, em parceria com dois fundos de investimento, a Petroatlântico, a sociedade de avaliação e promoção de investimentos na produção de petróleo e gás natural.

 

A Petroatlântico, de que Ferreira de Oliveira era CEO, garantia ter três mil milhões de euros para investir.  

E desde 2016 que era presidente da Comissão de Remunerações da Caixa Geral de Depósitos.

Numa nota publicada no seu site, a Universidade do Porto realça os inúmeros prémios e distinções que Ferreira de Oliveira recebeu ao longo da sua carreira, destacando os de "Personalidade do Ano 2006" (Recursos Humanos Magazine), "Carreira – Reconhecimento do Mérito" (Rotary 2006/2007), " Melhor Docente do MBA Executivo 2018/19" (Porto Business School), "Melhor CEO Europeu das Empresas Oil & Gas 2011" (inquérito Thomson Reuters), "The Best Leader in the Management of a Private Company in Portugal 2012" e The Most Transformational Leader 2016" (Leadership Business Academy).

 

Segundo a mesma fonte académica, o corpo de Ferreira de Oliveira estará em câmara ardente na igreja de Cristo Rei (Porto) e as cerimónias fúnebres vão decorrer em local a anunciar.



(Notícia atualizada às 18:47)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI