Empresas Orey Antunes volta adiar apresentação de resultados de 2018

Orey Antunes volta adiar apresentação de resultados de 2018

Num comunicado publicado na noite de sexta-feira na CMVM, a empresa liderada por Duarte D’Orey volta a adiar a comunicação das contas pelo menos mais um mês..
Orey Antunes volta adiar apresentação de resultados de 2018
Miguel Baltazar

Sete meses depois de ter terminado o exercício de 2018, a Orey Antunes ainda não apresentou os resultados finais de 2018. Num comunicado publicado na noite de sexta-feira na CMVM, a empresa liderada por Duarte D’Orey volta a adiar a comunicação das contas pelo menos mais um mês.

 

"Não foi possível concluir os trabalhos de elaboração dos documentos de prestação de contas relativas ao exercício de 2018 conforme anteriormente comunicado. A Sociedade Comercial Orey Antunes SA pretende proceder à divulgação dos referidos documentos previsivelmente até 31 de agosto", refere o comunicado.

 

As empresas cotadas têm até abril para comunicar os resultados do exercício findo em dezembro. A Orey já solicitou por várias vezes o adiamento da divulgação de resultados, citando o processo de reestruturação e "decisões estratégicas de 2018 de descontinuação de ativos que levaram a alterações na forma de apresentação o que implicou o atraso no processo de auditoria".

Entre 2015 e 2018 o grupo diz ter reduzido "fortemente" a sua dívida financeira em 68% no montante de 61,8 milhões de euros, e, consequentemente, diminuiu os encargos com juros em 84% no montante de 4,5 milhões de euros. 

A Orey Antunes decidiu focar a atividade "nas áreas de transportes e logística e serviços associados" e ao mesmo tempo sair do setor financeiro. Para isso anunciou pretender alienar "com a maior brevidade possível" os ativos não operacionais. As contas de 2018 refletem, pois, estas decisões. A área de transportes e logística opera em Portugal, Espanha, Angola e Moçambique, contando 300 colaboradores e apresentando um volume de negócios de 58,1 milhões de euros. Os resultados líquidos da atividade em continuação foi de 2,59 milhões de euros, com um EBITDA operacional de 4,38 milhões. No conjunto, os prejuízos foram, no entanto, de 2,0 milhões de euros, considerando as atividades em descontinuação. Só estas atividades tiveram perdas de 12 milhões de euros.

 

"Os números de 2018 são representativos dos resultados da implementação do plano de reequilíbrio económico e financeiro levado a cabo", salienta o grupo no comunicado divulgado a 11 de julho.

 

No mês passado a Orey recebeu luz verde dos obrigacionistas para o adiamento, por um ano, do pagamento dos juros referentes a 2019 da emissão da Orey Antunes de 30 milhões de euros




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI