Empresas Pires de Lima: "TAP já não existiria se não tivesse sido privatizada em 2015"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Pires de Lima: "TAP já não existiria se não tivesse sido privatizada em 2015"

O ex-ministro da Economia defende uma TAP privada com uma reserva de capital do Estado. Ataca os prémios que a transportadora deu. Mas diz não perceber como o Estado quis ficar com 50% sem papel executivo.
Pires de Lima: "TAP já não existiria se não tivesse sido privatizada em 2015"
João Cortesão
Alexandra Machado Rosário Lira 13 de outubro de 2019 às 19:55

António Pires de Lima era ministro da Economia quando a privatização da TAP foi feita e quando a dos CTT foi concluída. Defende ambas as empresas privadas. Mas, no caso da transportadora, 33% do capital no Estado era suficiente.

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI