Energia Mexia: "A parceria com a CTG é importante e é para manter"

Mexia: "A parceria com a CTG é importante e é para manter"

O presidente executivo da EDP está "tranquilo" em relação ao futuro da empresa e da parceria com a CTG após a OPA que caiu hoje por terra hoje.
Sara Ribeiro 24 de abril de 2019 às 18:59

"Estamos tranquilos com o futuro da companhia e da parceria com a CTG". A garantia foi dada por António Mexia, presidente executivo da EDP na conferência de imprensa que está a decorrer após a assembleia geral de acionistas que decretou o fim da OPA que tinha sido lançada a 11 de maio de 2018.

 

Sobre o chumbo da desblindagem dos estatutos, que determinou o fim da OPA, o gestor sublinhou que "o resultado de hoje é da exclusiva responsabilidade dos acionistas".

 

Questionado sobre o futuro da relação da EDP com a CTG no cenário após OPA, referiu que "a parceria é importante e é para manter".

 

Os acionistas da elétrica presentes na assembleia não aprovaram a desblindagem da contagem dos votos da EDP, o ponto proposto pelo fundo Elliott e uma das condições consideradas essenciais pelos chineses para avançar com a OPA.

 

O chumbo contou com os votos de 56,60% dos acionistas presentes na AG, que totalizou 65,18% do capital.

 

 

 

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI