Imobiliário Lucios "pacifica" edifício onde morreu Gisberta com 97 milhões
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Lucios "pacifica" edifício onde morreu Gisberta com 97 milhões

Abandonado há décadas, o Pão de Açúcar, o edifício inacabado do Porto onde a transexual Gisberta foi assassinada, em 2006, vai ganhar uma nova vida, agora como Edifício Pacífico, que terá um hotel de 231 quartos, ginásio, residências, espaços comerciais e escritórios.
Lucios "pacifica" edifício onde morreu Gisberta com 97 milhões
O edifício inacabado, situado na Avenida Fernão Magalhães, tristemente conhecido pelo local onde foi assassinada a transexual Gisberta, vai dar lugar a um projeto imobiliário da Lucios.
Rui Neves 15 de outubro de 2019 às 22:00

Uma semana depois de Afonso Reis Cabral ter conquistado o Prémio Literário José Saramago, com o romance "Pão de Açúcar", que retrata o caso Gisberta, o grupo imobiliário Lucios revelou ao Negócios

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI