Indústria Continental ganha fábrica de antenas inteligentes em Trás-os-Montes

Continental ganha fábrica de antenas inteligentes em Trás-os-Montes

A dona da Continental Mabor adquiriu uma fábrica que produz anualmente mais de 17 milhões de antenas inteligentes para veículos, situada em Vila Real, que emprega 550 pessoas e fatura 65 milhões de euros, passando a ter 3.400 trabalhadores em Portugal.
Continental ganha fábrica de antenas inteligentes em Trás-os-Montes
O grupo alemão Continental adquiriu a Kathrein Automotive, de Vila Real, que fabrica mais de 17 milhões de antenas por ano e fatura 65 milhões de euros.
Rui Neves 17 de setembro de 2019 às 13:30

Criada há 30 anos pelos alemães da Motormeter, a fábrica de antenas para veículos, instalada em Vila Real, passou pelas mãos da Bosch e pelas de uma capital de risco, até que se tornaram inteligentes sob a propriedade e gestão da Kathrein Automotive.

 

Instalada no Parque Industrial de Constantim, desta fábrica transmontana, que emprega 550 pessoas, saíram em 2018 mais de 17 milhões de antenas, com as exportações a valerem 99% das vendas de cerca de 65 milhões de euros.

 

Agora, chegou a vez de o grupo alemão Continental dar lustro à atividade desta fábrica, que é das principais especialistas e fabricantes mundiais de antenas para veículos, depois de a ter adquirido em fevereiro passado, mudando-lhe a denominação social para Continental Advanced Antenna Portugal.

 

"A Continental Advanced Antenna pertence à divisão interior do grupo Continental, faz parte da unidade de negócio Body & Security e trabalha, essencialmente, com o segmento ‘premium’ de marcas como o grupo Daimler, BMW, Audi, Volvo, entre outros gigantes do setor automóvel", revela o grupo alemão, em comunicado.

 

Com a aquisição da Kathrein Automotive, a Continental "pretendeu expandir o portefólio de produtos, obtendo assim um conhecimento fundamental para o desenvolvimento de soluções de conectividade para veículos", explica o grupo.

 

O mercado das antenas para veículos promete ser um negócio em crescimento, com a Continental a estimar que cresça 6,5% anualmente até 2022, lembrando que as antenas inteligentes para veículos "são o ponto de partida para a conectividade do futuro dentro e fora do automóvel e são uma das grandes apostas da Continental Advanced Antenna".

 

O módulo de antena Inteligente substitui as antenas individuais que, até hoje, eram espalhadas em torno dos veículos, combinando as antenas e os componentes eletrónicos complementares num módulo de "hardware", o que "não só simplifica o conjunto de cabos e reduz o espaço da instalação, como melhora simultaneamente a qualidade do sinal", sintetiza a Continental.

 

A Continental passa, assim, a ter mais uma empresa em Portugal, para além das já existentes Continental Mabor, Continental Pneus, Continental Indústria Têxtil do Ave, Continental Lemmerz e Continental Teves, constituindo um grupo que, no nosso país, fechou o último exercício com vendas de 1,2 mil milhões de euros e cerca de 3.400 trabalhadores.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI