Tecnologias Huawei prevê quebra de até 60% nas suas vendas internacionais de smartphones

Huawei prevê quebra de até 60% nas suas vendas internacionais de smartphones

A gigante tecnológica chinesa, que foi recentemente incluída na lista negra dos Estados Unidos, estará a preparar-se para o registo de largas quebras nas encomendas internacionais dos seus produtos.
Huawei prevê quebra de até 60% nas suas vendas internacionais de smartphones
Reuters
Negócios 17 de junho de 2019 às 08:03

A Huawei estará à espera de quebras entre 40% e 60% nas encomendas internacionais dos seus smartphones, avança a Bloomberg.

Em volume, as vendas a nível internacional significam uma quebra entre 40 a 60 milhões de unidades.

Para contornar esta situação, a empresa de tecnologia chinesa estará a considerar algumas soluções, entre as quais lançar o novo modelo de um dos smartphones mais vendidos no estrangeiro, o Honor 20, na Europa.

Este smartphone poderá estar disponível em alguns territórios europeus, nomeadamente no Reino Unido e França, já no próximo dia 21 de junho.

O abalo nas encomendas acontece depois de, em maio, os Estados Unidos terem colocado a Huawei na sua lista negra. Isto implica restrições ao comércio com a empresa chinesa, justificados pela administração de Trump com preocupações de segurança internacional. 

Na altura em que a Huawei entrou para a lista negra, o respetivo CEO, Ren Zhengfei, previa que as restrições pudessem "atrasar, mas apenas ligeiramente" o crescimento da empresa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI