Aviação Antonoaldo Neves: “A alegação que TAP tem tarifas pornográficas é inaceitável”

Antonoaldo Neves: “A alegação que TAP tem tarifas pornográficas é inaceitável”

O CEO da TAP recusa que a companhia esteja a discriminar a Madeira no cancelamento de voos e garantiu que a tarifa média para aquela região autónoma é de 98 euros.
Antonoaldo Neves: “A alegação que TAP tem tarifas pornográficas é inaceitável”
Mariline Alves/Cofina
Maria João Babo 13 de setembro de 2018 às 16:23

O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, afirmou esta quinta-feira, 13 de Setembro, no Parlamento que a companhia aérea "não discrimina a Madeira nos cancelamentos" e considerou que  "a alegação que a TAP tem tarifas pornográficas é inaceitável".

O responsável, que respondia a questões e críticas do deputado do PSD Paulo Neves sobre os preços praticados e os cancelamentos registados para esta região autónoma, explicou que 65% dos cancelamentos para a Madeira se devem a razões meteorológicas e que excluindo esses casos "a TAP cancela igual na Madeira e no resto da rede".

Antonoaldo Neves  recusou ainda que a companhia pratique preços elevados face aos seus concorrentes, apresentando alguns exemplos, e questionou:  "Porque é que Ryanair não voa de Lisboa para a Madeira, se é tão caro assim?"

"A tarifa está ajustada", salientou ainda o CEO da TAP, garantindo que as tarifas estão mais baixas do que antes da privatização.

Como referiu, no passado o preço médio era de 101 euros e em 2017 as tarifas médias da TAP para Funchal foram 98 euros.

 

"Acabei de entrar na internet e há passagem a partir 49 euros para 29 Novembro", exemplificou.

Respondendo às críticas, disse não haver "nenhum tipo de discriminação e que a acusação é "totalmente injusta e retórica porque não é baseada em factos".

Relativamente à questão dos ventos, Antonoaldo Neves  disse não ter objecção à realização de estudos, mas salientou que "o regulador não tem o direito de dizer o vento e as condições de operação da TAP". Em caso de haver um acidente "eu respondo por isso".

"Quem define os limites de voo para pouso é a TAP, é assim no mundo todo", frisou.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI