Turismo & Lazer Viagens para o estrangeiro disparam mas a maioria dos portugueses fica por Portugal

Viagens para o estrangeiro disparam mas a maioria dos portugueses fica por Portugal

No terceiro trimestre de 2019, os portugueses viajaram mais para o estrangeiro e por motivos de lazer, e também utilizaram mais hóteis e similares para alojamento.
Viagens para o estrangeiro disparam mas a maioria dos portugueses fica por Portugal
Reuters
Ana Batalha Oliveira 29 de janeiro de 2020 às 11:25

Os portugueses viajaram mais no terceiro trimestre do ano passado do que nos mesmos três meses do ano anterior. Quase 90% moveu-se em território nacional, apesar de as deslocações ao estrangeiro terem escalado mais de 36%.

Os portugueses realizaram 8,7 milhões de viagens de julho a setembro do ano passado, um crescimento homólogo de 11%. Os circuitos em território nacional dominam, ao representarem uma fatia de 87,7% do total, na sequência de um aumento de 8,2%.  

Já as viagens até ao estrangeiro foram 1,1 milhões e pesaram apenas 12,3%, mas exibiram um crescimento muito superior, de 36,5%.

Os hotéis e estabelecimentos semelhantes conquistam cada vez mais clientes, representando quase 30% do total das dormidas, mas o alojamento particular gratuito mantém-se a primeira escolha – 56,6% dos casos. Ainda assim, o peso  desta opção reduziu-se em 3,9 pontos percentuais.

Lazer, recreio ou férias foi o que mais fez "mexer" os portugueses, sendo o motivo para 5,7 milhões de viagens, ou 66,2% do total, um crescimento de 20,4%. Seguem-se nas principais razões para viajar a visita a familiares ou amigos e as deslocações por motivos profissionais ou negócios, ambas a perderem representatividade.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI