Bolsa BCP e Jerónimo Martins pressionam bolsa nacional

BCP e Jerónimo Martins pressionam bolsa nacional

A bolsa nacional segue em queda, à semelhança das congéneres europeias, num dia em que a China revelou os dados do PIB do terceiro trimestre, tendo reportado uma nova travagem da economia.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 18 de outubro de 2019 às 08:10
A bolsa nacional segue em queda, com o PSI-20 a cair 0,14% para 5.006,71 pontos, numa altura em que nove cotadas seguem em alta, oito em queda e uma inalterada. Entre os congéneres europeus a tendência é semelhante, com os principais índices em queda.

A pesar na negociação bolsista estão os dados do PIB chinês divulgados esta sexta-feira. A segunda maior economia do mundo cresceu 6% no terceiro trimestre, o que corresponde ao menor ritmo dos últimos 27 anos. 

A pesar na negociação está também o Brexit, depois de ter sido alcançado um acordo entre o Reino Unido e a União Europeia para uma saída ordeira, mas que terá de ser aprovado pelo Parlamento britânico. 

Por outro lado, a época de apresentação de resultados já arrancou e os números não estão a convencer. As francesas Danone e Renault estão a afundar depois de terem cortado as suas estimativas de resultados. 

Na bolsa nacional é o BCP que mais pressiona, com as ações a recuarem 0,96% para 0,1963 euros. A Jerónimo Martins segue a mesma tendência e cai 0,69% para 15,075 euros. 

A penalizar a negociação estão também os CTT, com os títulos a cederem 1,12% para 2,30 euros. 

Do lado oposto está a Galp Energia, ao subir 0,18% para 13,575 euros, bem como a Mota-Engil, que ganha 0,5% para 1,997 euros. 

(Notícia atualizada)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI