Bolsa Galp dispara mais de 3% e sustenta bolsa nacional

Galp dispara mais de 3% e sustenta bolsa nacional

A bolsa nacional está a contrariar a tendência de perdas registada no resto da Europa, à boleia da Galp Energia, que está a subir mais de 3%, a refletir a valorização expressiva dos preços do petróleo, depois de a Arábia Saudita ter sido alvo de ataques na sua petrolífera que obrigaram a um corte significativo de produção.
Galp dispara mais de 3% e sustenta bolsa nacional
Miguel Baltazar
Sara Antunes 16 de setembro de 2019 às 08:10
A bolsa nacional iniciou o dia em alta ligeira, com o PSI-20 a somar 0,08% para 5.052,97 pontos, numa altura em que cinco cotadas sobem, 10 caem e três seguem estáveis. 

Entre as congéneres europeias a semana está a começar negativa, com os investidores a refletirem os receios em torno da economia chinesa, cujos últimos dados renovam a especulação de uma travagem da segunda maior economia do mundo.

A condicionar a negociação está também a subida superior a 10% dos preços do petróleo, depois de a Arábia Saudita ter visto a sua petrolífera a ser alvo de um ataque de drones, que obrigou a um corte de produção. O corte reduz para metade a produção do país, o que representa menos 5% de oferta mundial. 

Na bolsa nacional, o grande destaque está a ser a Galp Energia, ao apreciar 3,65% para 13,645 euros, precisamente a refletir a evolução dos preços da matéria-prima. 

Do lado oposto está o BCP, a perder 0,84% para 0,2116 euros, bem como a EDP Renováveis, que desvaloriza 1,4% para 9,86 euros.



Marketing Automation certified by E-GOI