Research Ações da Nos disparam mais de 3% após research do Credit Suisse

Ações da Nos disparam mais de 3% após research do Credit Suisse

O Credit Suisse reiterou a recomendação de "outperform" para a Nos, provocando uma valorização acentuada nas ações.
Ações da Nos disparam mais de 3% após research do Credit Suisse
Negócios com Bloomberg 17 de outubro de 2019 às 16:51

As ações da Nos fecharam em forte alta esta quinta-feira, reagindo a um research favorável publicado para a empresa de telecomunicações liderada por Miguel Almeida.

 

O Credit Suisse reiterou a recomendação de "outperform" (desempenho superior ao do mercado), com um preço-alvo de 6,50 euros.

 

As ações fecharam a subir 3,29% para 5,33 euros, tendo alcançado um máximo desde 3 de setembro nos 5,355 euros. O preço-alvo incorpora um potencial de valorização de 22% face à atual cotação.

 

Segundo a Bloomberg, que cita a nota de "research", o Credit Suisse espera que a Nos anuncie a 6 de novembro uma aceleração das receitas no terceiro trimestre, sobretudo devido aos cortes de 44% nas tarifas de terminações móveis que ocorreram no ano passado.

 

Henrik Herbst, analista do Credit Suisse, assinala ainda que a concorrência no setor das telecomunicações em Portugal está agora mais benigna.

 

As ações da Nos acumulam uma valorização de 0,66% desde o início do ano.

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI