Obrigações IGCP volta a emitir dívida a 10 e 15 anos

IGCP volta a emitir dívida a 10 e 15 anos

O instituto que gere a dívida do Estado vai "repetir" as emissões realizadas no início de maio.
IGCP volta a emitir dívida a 10 e 15 anos
Bruno Simão
Nuno Carregueiro 07 de junho de 2019 às 13:23

O IGCP anunciou esta sexta-feira, 7 de junho, que vai realizar um duplo leilão de obrigações do Tesouro na quarta-feira, 12 de maio, pelas 10:30.


O instituto liderado por Cristina Casalinho vai reabrir precisamente as duas linhas que já tinha emitido no duplo leilão realizado no mês passado. Habitualmente o IGCP faz um leilão por mês de títulos de longo prazo, mas com maturidades diferentes.


"O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 12 de junho pelas 10:30 horas dois leilões das OT com maturidade em 15 de junho de 2029 e 18 de abril de 2034, com um montante indicativo global entre 1.000 e 1250 milhões de euros", refere uma nota do IGCP.


No duplo leilão realizado em maio, o IGCP encaixou 800 milhões de euros na emissão de títulos a 10 anos (maturidade em 15 de junho de 2029), tendo suportado uma taxa de juro de 1,059%, o que compara com os 1,143% da emissão de abril e corresponde a um novo mínimo histórico.

Desde então, a taxa de juro no mercado secundário desceu da fasquia de 1% e está atualmente abaixo de 0,7%, pelo que se adivinha um novo mínimo de sempre no custo de financiamento de Portugal no prazo a 10 anos.

Na emissão a 15 anos realizada em maio, Portugal financiou-se em 450 milhões de euros a uma taxa de juro de 1,563%, abaixo dos 2,045% da emissão comparável realizada em fevereiro.

Entre janeiro a abril, o custo da dívida emitida por Portugal baixou para 1,6%, um novo mínimo histórico, segundo o relatório de maio da agência que gere a dívida pública. A manter-se esta tendência de descida, é expectável novos mínimos nos custos de financiamento de Portugal.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI