Empresas Gazela 2019 Indústria transformadora, construção e comércio lideram

Indústria transformadora, construção e comércio lideram

Maior parte das empresas gazela desenvolve atividade nestes três setores de atividade.
Indústria transformadora, construção e comércio lideram

Um quarto das empresas gazela desenvolve as suas atividades nas indústrias transformadoras e, em conjunto com as atividades da construção (19%) e do comércio (17%), representam 61% das empresas gazela da região. Comparando com as empresas gazela identificadas nos anos anteriores, destaca-se o crescimento dos agrupamentos setoriais da construção e da hotelaria e restauração. Surge, pela primeira vez, a agricultura, caça, floresta e pesca.





Importância do Portugal 2020

As políticas públicas e o apoio dos fundos europeus têm contribuído para o desempenho económico das empresas gazela. 40% das empresas gazela candidataram-se aos Sistemas de Incentivos do Portugal 2020 (2014-2020), sendo 83% dessas enquadradas no Programa Operacional Regional Centro 2020. As 70 candidaturas a estes incentivos representam intenções de investimento de 45 milhões de euros.

O Sistema de Incentivos Qualificação e Internacionalização das PME (QI PME) foi o que obteve maior procura, com 43 candidaturas apresentadas (61% do total) e 13 milhões de euros de investimento. Quanto ao Sistema de I&D, foi o que apresentou o maior volume de investimento, com 18 milhões de euros (40% do total) e 11 candidaturas. Todavia, só um dos projetos candidatos representa 80% do investimento deste sistema de incentivos. O Sistema de Incentivos à Inovação foi o segundo mais procurado, em termos do número de candidaturas (16) e de intenções de investimento (14 milhões de euros).


No final de 2018, em termos de projetos aprovados, 61% das empresas gazela que se candidataram aos Sistemas de Incentivos do Portugal 2020 estão já a ser apoiadas. Está a falar-se de um total de 32 projetos (27 dos quais no Centro 2020) que representam 17 milhões de euros de investimento, 15 milhões de euros de investimento elegível e 8 milhões de euros de incentivo. Os Sistemas de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME (59%) e à Inovação (31%) representam, no seu conjunto, 91% dos projetos aprovados, correspondendo a 15 milhões de euros de investimento e a cerca de 7 milhões de euros de incentivos.


Importa referir que os projetos aprovados nos sistemas de incentivos às empresas, no âmbito do Portugal 2020, enquadram-se na sua maioria no objetivo temático de reforço da competitividade das PME e nas prioridades de investimento relacionadas com o desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais e no apoio à criação e ao alargamento de capacidades avançadas de desenvolvimento de produtos e serviços.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI