Ensino Superior 2019 Rigor e aproximação ao mercado ditam receita de sucesso da Católica Porto Business School

Rigor e aproximação ao mercado ditam receita de sucesso da Católica Porto Business School

A escola de negócios da Católica no Porto defende que a mobilidade internacional é um elemento importante na formação dos jovens, tal como o rigor e a solidez dos programas.
Rigor e aproximação ao mercado ditam receita de sucesso da Católica Porto Business School

A Católica Porto Business School está a postos para receber os estreantes do ensino superior neste ano letivo 2019/2020 e continuar a trabalhar com eles aquela que tem sido uma das grandes apostas da escola nos últimos anos. Preparar os seus futuros economistas e gestores para contextos de trabalho num plano internacional.

 

 

"Temos uma crescente atratividade no contexto internacional e são vários os estudantes que procuram a nossa escola para realizarem a sua experiência de mobilidade", admite Raquel Campos Franco, associate dean para as licenciaturas da Católica Porto Business School. "Incentivamos a realização de experiências académicas em Erasmus e o número de parceiros internacionais tem crescido de forma significativa", acrescenta a responsável.

 

 

Na mesma linha, a escola de negócios da Católica no Porto tem hoje, na maioria das disciplinas das várias licenciaturas, turmas teóricas e práticas lecionadas em inglês e os alunos que assim entenderem podem mesmo frequentar as licenciaturas da escola integralmente em inglês, desde que assinalem essa vontade na altura da matrícula.

 

 

Taxas de empregabilidade a rondar os 100%

 

 

Raquel Campos Franco acredita que esta orientação da escola é um dos aspetos a contribuir para as taxas de empregabilidade das licenciaturas, próximas dos 100%, mas há outros. "São cursos exigentes, com uma filosofia de avaliação contínua, que em três anos procuram preparar para um ambiente competitivo à escala internacional", numa lógica de forte ligação às empresas.

 

 

Mas os programas também estão desenhados para ir além das áreas "core". "Os nossos alunos têm acesso a uma formação científica e técnica sólida, mas também usufruem de oportunidades para o desenvolvimento efetivo de competências transversais, hoje essenciais num mercado de trabalho desafiador e que exige flexibilidade", assegura ainda Raquel Campos Franco.

 

O plano de estudos das licenciaturas de Gestão e Economia da instituição está centrado num conjunto de conhecimentos técnicos de base, complementados com disciplinas transversais, menos típicas neste tipo de programas. "As nossas disciplinas de Projeto, uma em cada ano curricular, são de facto um fator diferenciador, que produz resultados que se evidenciam nas entrevistas de recrutamento e na fácil integração dos nossos licenciados nas equipas de trabalho e num regime de trabalho intenso", remata a responsável.

 

 

Este ano letivo, a Católica Porto Business School espera integrar perto de 150 novos alunos nas suas licenciaturas de Economia, Gestão e na dupla licenciatura em Direito e Gestão. O número de vagas está em linha com o do ano anterior, mas os responsáveis da escola indicam que a procura tem vindo a aumentar de forma sustentada.  


O que é importante considerar numa candidatura à universidade?

Raquel Campos Franco aceitou partilhar a experiência de contacto com dezenas de novos alunos universitários todos os anos e deixar alguns conselhos sobre o que mais importa no início desta jornada, na sua perspetiva. "Ao fim de três anos, normalmente intensivos, no ensino secundário, os que escolhem ingressar no ensino superior devem ter muito claro que é uma nova etapa da vida que se inicia." Nesta nova etapa, sublinha a responsável, "devem colocar tanto ou mais energia que a despendida nos três anos anteriores". 
"Ponderar muito bem a escolha do curso e da instituição que pretendem frequentar" é um ponto de partida fundamental e a preferência deve recair sobre um "curso que lhes abra perspetivas de se desenvolverem como pessoas e os habilite a começarem a fazer algo de que gostem". Uma vez no ensino superior, é importante manter o espírito "curioso, aberto ao mundo e estar preparado para uma presença ativa em várias frentes", aconselha a professora.


Balanço positivo para a licenciatura de dupla certificação em Direito e Gestão

No ano letivo 2015/2016, duas escolas da Universidade Católica Portuguesa – a Escola de Direito do Porto e a Católica Porto Business School – uniram-se para lançar uma nova licenciatura de dupla certificação, em Direito e Gestão. No final deste ano letivo, chegam ao mercado de trabalho os primeiros recém-licenciados do programa, que tem uma duração de cinco anos e dá direito a dois diplomas, mas o balanço já é positivo, admite Raquel Campos Franco, garantindo que há já "várias empresas muito interessadas no perfil e que aguardam com expectativa os primeiros licenciados". 
Ao submeter os alunos a duas visões do mundo e às respetivas áreas do saber e da prática contribui para desenvolver perfis "com potencial para ser mais eficaz no estabelecimento de pontes entre a área jurídica e a área da gestão, habilitando-os naturalmente para determinadas áreas vitais nas empresas e nas sociedades de advogados", explica a associate dean para as licenciaturas da Católica Porto Business School.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI