Formação de Executivos 2019 Há 25 anos a formar embaixadores de mudança

Há 25 anos a formar embaixadores de mudança

Aumentar o potencial dos executivos e prepará-los para serem quick winners na sua atividade são prioridades para a Católica Porto Business School.
Há 25 anos a formar embaixadores de mudança

Há mais de 25 anos que a Católica Porto Business School prepara profissionais para os negócios globais, que seguem carreiras em Portugal ou no estrangeiro. "Como qualquer escola de negócios, a nossa oferta, e concretamente a oferta dos MBA, resulta de uma constante preocupação com o mercado e assenta numa gestão permanente das necessidades das empresas empregadoras, das necessidades dos nossos alunos, e da adequação das nossas competências", define Ana Côrte-Real, associate dean da Católica Porto Business School. De acordo com esta responsável, o mercado "reconhece na Católica Porto Business School uma marca de formação de excelência, que proporciona aos alunos uma formação abrangente que vai muito além do contexto de sala de aula". A diferenciação, diz, "assenta no que entendemos que é potenciar uma intensa experiência de aprendizagem, estimulando uma participação ativa dos nossos formandos, assente num método de trabalho que os prepare para aumentar o potencial de cada um como embaixador de mudança na sua empresa".

De resto, a transferência de conhecimento e a aplicação da formação à atividade empresarial são uma prioridade para a Católica do Porto. "Preocupa-nos a capacidade de o formando conseguir, a par da formação, a aplicação de ferramentas que lhe permitam quick winners na sua atividade, sem prejuízo da aquisição de competências de aplicação mais continuada, e não tão imediata." 

Foco no ROI

 

O retorno do investimento da formação é um dos focos da escola no desenho de qualquer tipo de programa. "A combinação de diferentes metodologias, os trabalhos de grupo, a interação e a proximidade dos formandos com um corpo docente qualificado, a relação com as empresas, faz-nos oferecer um modelo de aprendizagem ágil e com forte impacto na formação dos nossos alunos", sustenta Ana Côrte-Real.

2018 foi um ano em que o MBA Executivo da Católica Porto Business School  foi reformulado, reforçando ainda mais os eixos estratégicos da escola. "É um programa inovador pelo formato e pela abordagem", declara a responsável.

O MBA Executivo tem como principais pontos diferenciadores um Clube de Empresas composto por 17 empresas; uma avaliação 360° de cada participante, no início e no final do MBA; a estrutura curricular inovadora; o funcionamento com aulas uma vez por mês concentradas às quartas, quintas, sextas (dia todo) e sábados (manhã); o acompanhamento tutorial; as semanas internacionais na Alemanha e na ESADE em Barcelona; e um programa de desenvolvimento de soft skills.

Este MBA Executivo teve um crescimento superior a 50%. De destacar também a pós-graduação em Gestão na Saúde, que vai já na sua 8.ª edição e se afirma, ano após ano, como um programa de referência em gestão para o setor da saúde.

Os programas mais procurados continuam a ser os cursos generalistas, como o Curso Geral de Gestão e o Programa Intensivo de Gestão. São programas com grande procura, o que nos levou inclusivamente a abrir duas edições por ano do Programa Intensivo de Gestão (uma em março e outra em outubro). 

Relativamente a 2018/2019 as novidades no âmbito do portefólio formativo são os programas: Business Analytics, A Criação de Valor através do Procurement, Gestão Comercial, Fidelização e Segmentação de Clientes, Mergers & Acquisitions (em parceria com a PwC), a pós-graduação em Contabilidade e Finanças para Juristas, no Funchal, e restruturámos a oferta na área de gestão de projetos.

Elevada reputação

É a questionar de forma permanente "o que é que as pessoas querem aprender" e "como ensinar" que a Católica Porto Business School diz garantir o alinhamento com as exigências do mercado, das empresas e dos alunos. "O retorno que temos tido do mercado, num contexto deprimido como temos vivido nos últimos anos, permite-nos assumir que temos dado resposta às necessidades dos nossos públicos", afirma a associate dean da Católica Porto Business School.

A correlação entre a procura de educação para executivos e os ciclos da economia é outra das justificações para a pesquisa dos cursos. "2018 foi um ano em que sentimos uma retoma da procura, confirmada pelo primeiro semestre de 2019", sustenta Ana Côrte-Real.

A par destes resultados, a responsável explica que têm sido levadas a cabo avaliações pedagógicas "cada vez mais altas" e recolhido feedbacks qualitativos "extremamente positivos". "Um dos resultados que comprovam o valor da nossa escola pode ser visto no último estudo de mercado que a Católica Porto Business School fez, junto de atuais alunos, alumnis, potenciais e empresas que em termos de posicionamento veem a escola como uma marca com elevada reputação, que aposta no acompanhamento e gestão de carreiras, que assume uma atitude de resolução de problemas e que é uma referência na formação executiva nacional", acrescenta Ana Côrte-Real, sublinhando que a escola se assume, cada vez mais, como parceira da formação e de desenvolvimento contínuo, quer para os alunos em termos individuais, quer para os clientes empresariais.




Marketing Automation certified by E-GOI