MBA 2019 Alunos à volta do mundo

Alunos à volta do mundo

As faculdades têm programas internacionais
Alunos à volta do mundo

Cada programa de MBA da Católica Porto Business School trabalha a internacionalização de modo específico. No caso do MBA Atlântico, os alunos têm aulas um trimestre em cada país – Portugal, Angola e Brasil – , vivenciando estas diferentes "realidades económicas, políticas e sociais", diz Ana Côrte-Real, associate dean da faculdade.

 

O MBA Executivo tem professores com experiência internacional e a integração de duas semanas internacionais. Uma semana a fazer um roadshow em empresas na Alemanha, que tem "uma localização económica extremamente competitiva com numerosas facetas que é necessário compreender". E uma semana na ESADE Business School de Barcelona, onde os alunos terão uma experiência interativa que "integra os conceitos mais relevantes da gestão estratégica num jogo de simulação, acompanhado pelos professores da ESADE, que ajudará a refletir estrategicamente sobre as várias opções empresariais".

 

O coaching, as plataformas que darão acesso a ofertas de emprego internacionais e a participação de empresas multinacionais em eventos de carreira também enriquecem a exposição internacional dos alunos.

 

Já no MBA do ISEG, 25% dos alunos são internacionais, atraídos pela Universidade de Lisboa, "a única em Portugal a estar em todos os rankings internacionais conhecidos", realça Jorge Gomes, professor associado do ISEG, diretor e coordenador científico do MBA. Os alunos são sobretudo da América Latina e os contactos com o Brasil têm rendido frutos, embora se esteja a "desenvolver uma estratégia de marketing mais focalizada nessa grande região do mundo". "Tal como precisamos de atrair candidatos de outras áreas do globo. Mas isso é trabalho em progresso."




Marketing Automation certified by E-GOI