Cronista
Rui Barroso
Começou no jornalismo em 2006, após o curso de Formação Geral em Jornalismo no Cenjor e a licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Nova de Lisboa. Após um estágio na editoria de Economia do Público, integrou a equipa de Mercados do Semanário Económico. Em 2008, integra a redacção do Diário Económico, acompanhando as áreas de Mercados e Finanças. Pelo meio tentou perceber as relações entre o Estado e os bancos de investimento no livro Ligações Perigosas, sobre o caso dos "swaps". Está no Jornal de Negócios desde o início de 2016, seguindo o dia-a-dia dos mercados financeiros.