António Moita Quando a notícia morre depressa 26.01.2020 António Moita
Estaremos no fim de um ciclo. Talvez. A crise de valores de uma sociedade em transformação conduziu-nos a este caos e a este sentimento de vazio, de impotência e de desânimo.
António Moita Dignidade a 10 euros 19.01.2020 António Moita 1149
Ninguém consegue mudar a vida dos mais pobres de um dia para o outro. Mas ninguém vai conseguir algum dia mudar a vida dos mais pobres se o método que está a ser seguido continuar a ser aplicado.
António Moita Isabel, a Terrível 12.01.2020 António Moita 902
Que se saiba Isabel dos Santos não cometeu nenhum crime em Portugal. Investiu em empresas nacionais e contribuiu para o sucesso de projetos e para a criação e manutenção de muitos postos de trabalho. Deve por isso ser tratada com o respeito devido a qualquer investidor estrangeiro.
António Moita Organizem-se! 05.01.2020 António Moita 672
Não querendo entrar em generalizações que acabam sempre por ser injustas para alguém, a verdade é que em Portugal há pessoas que podiam trabalhar mais e há outras que, embora trabalhando muitas horas, poderiam certamente trabalhar melhor.
António Moita Um ano de combate 29.12.2019 António Moita 1100
Depois de quatro anos a falar de crescimento e de reposição de direitos eis que chegou a hora de enfrentar a realidade. A situação do país é delicada e exige muita prudência.
António Moita O orçamento é de esquerda ou de direita? 22.12.2019 António Moita 680
Mário Centeno não é partidariamente catalogável. No seu orçamento inscrevem-se medidas que agradam a todos e muitas outras que não agradam a ninguém. É assim normalmente todos os anos.
António Moita Viver a crédito. Quem é que não aprendeu a lição? 15.12.2019 António Moita 1644
A banca portuguesa ou não tem memória ou não tem vergonha. Provavelmente as duas coisas. Já se esqueceram dos prejuízos financiados pelos contribuintes, das carteiras de crédito malparado ou mesmo tóxico vendido a preço de saldo.
António Moita O futuro do PSD ou o regresso ao passado 08.12.2019 António Moita 668
Sejamos sinceros. O PSD de Sá Carneiro morreu com Cavaco Silva. E o deste acabou com Pedro Passos Coelho. Agora restam apenas cacos que alguns ainda se dispõem a tentar colar. O PSD sempre se uniu mais facilmente em torno de interesses do que de ideias.
António Moita Afinal prenderam o Livre 01.12.2019 António Moita 659
O Chega, por enquanto, é André Ventura. Joacine Katar Moreira é apenas um instrumento para fazer vingar uma estratégia que não foi pensada por ela.
António Moita Quantos Movimentos Zero queremos ter? 24.11.2019 António Moita 1464
Se os poderes públicos teimarem em não perceber a realidade e persistirem em tentativas de intoxicação da opinião pública contra os insurgentes, continuarão a não contribuir para a melhoria dos serviços públicos nem para a dignificação dos seus trabalhadores.

Marketing Automation certified by E-GOI